Novo reajuste deve fazer preço médio da gasolina passar dos R$ 6,20 em Alagoas

O novo reajuste de 3,3% no preço da gasolina comum anunciado pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) e confirmado nesta segunda-feira (11), pela Petrobras, deve fazer com que o preço médio do combustível vendido nos postos alagoanos ultrapasse os R$ 6,21.

Nesta quarta-feira (11), a petroleira confirmou que o preço do litro da gasolina vendida nas refinarias passará para R$2,78 – um aumento de R$0,0945 – a partir desta quinta-feira (12).

Atualmente, o preço médio da gasolina comum vendida nos postos de Alagoas é de R$ 6,021, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado no sábado (7).

Em nota, a Petrobras esclarece, no entanto, que o repasse dos reajustes da companhia aos consumidores finais nos postos não é garantido nem imediato e depende de uma série de questões, como impostos, margens de distribuição e revenda além de misturas de biocombustíveis.

“O valor do combustível nas nossas refinarias e terminais é muito inferior ao pago pelo consumidor final. Somente uma parte do preço é da Petrobras”, informa a empresa, em nota. “O preço na bomba incorpora a carga tributária e a ação dos demais agentes do setor de comercialização”, ressalta.

Em Alagoas, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é de 29%, um dos mais altos do País. Para ser ter uma ideia do que isso representa, sem a taxação estadual, o preço gasolina vendida nos postos locais seria de R$ 4,27 – uma diferença de R$ 1,74 por litro.

No ano, a gasolina vendida nos postos do Estado acumula uma alta de 26,2%. Em janeiro, o preço médio do produto era de R$ 4,77, contra R$ 6,021 registrado na semana passada. Segundo o levantamento da ANP, já há postos na capital alagoana vendendo o combustível a R$ 6,499.

 

Fonte: Gazetaweb

reajuste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *